Total de visualizações de página

sábado, 9 de junho de 2012

FALAR OU CALAR


Um dos dilemas do Ministério da Palavra: falar ou calar? “Calar é ouro falar é prata,” diz a sabedoria popular. Quando é tempo de falar? Quando é tempo de ficar calado? Falar irrita e o silêncio enlouquece. Essa dúvida não é fácil de resolver. São tantos ditados e pensamentos que tentam trazer luz a esse tema, e quantos sábios já discorreram sobre o tempo de falar e tempo de calar.
Há momentos que é errado ficar calado, mesmo entendendo que o silêncio é muito valioso. Ainda mais quando se tem o ministério da Palavra, pois é quando Deus fala, não devemos ficar quietos. É preciso falar. Assim foi com o tocador de gado, o boiadeiro Amós. Foi enviado a falar, foi lá e disse tudo, não deixou de anunciar a vontade de Deus.
Hoje muitas pessoas que conhecem a Palavra de Deus, as quais tem a incumbência de falar, se calam, para não ver as pessoas contristadas, abatidas pela Palavra fiel, quando a rejeitam. Muitos se calam por não acharem seguro arriscar receberem críticas, perseguições, perderem amigos e prestígio social; mas falar é preciso. A sua Palavra tem que ser anunciada.
Jesus soube a hora de falar e a hora de ficar calado. Ele teve sabedoria. Queremos aprender com Ele, para não sermos culpados pelo excesso de palavras ou pelo silêncio, especialmente, quando falar é preciso, para exortar, corrigir, consolar e instruir os crente ou chamar os pecadores para receberem perdão, exortá-los ao arrependimento e a fé. Procuremos conhecer melhor o Senhor, para alcançarmos pelo seu Espírito a sabedoria que precisamos para calar ou falar. Ele sempre falava quando era preciso. Ele falou e se calou por amor. Com Ele podemos calar e falar, quando calar é preciso e quando falar é preciso.
Hoje é o Dia Internacional do Pastor, àquele que tem a incumbência de falar o Evangelho; caso este falar te irrite, lembre-se que esse falar é preciso. Nós, você também, tem que falar o Evangelho, e, pode pedir a Deus sabedoria para saber calar e falar na hora certa. Nunca seja o nosso calar um ato covarde, acomodado que dá lugar a injustiça, a mentira, a morte.  Não se cale. Comunique o Evangelho de Jesus.