Total de visualizações de página

segunda-feira, 1 de março de 2010

BOICOTE

Como é vergonhoso ser cristão não católico romano neste país... Claro que tenho vergonha suficiente para não voltar ao papado e resisto esses pequenos papas deste país! Como se não bastasse as nossas próprias misérias, falo de mim e do meu opróbrio, claro que todos nós temos as nossas próprias mazelas, mas, eu fico envergonhado e choro, porque de repente me vejo pastor neste país, com o compromisso de pregar o evangelho e de pastorear uma parcela pequena do rebanho do Senhor, anônimo pastor de anônimos, sim, porém, não gostaria de ser chamado de evangélico, nem de crente, ou mesmo de protestante, termos que tiveram o seu valor num determinado momento histórico, ou mesmo de reformado. É tanta gente esquisita se dizendo reformado! Tudo isso está me envergonhando, toda essa briga de cachorros grandes, que disputam o dinheiro de gente trabalhadora e honesta, que consome livros, cd’s e dvd’s caros, e dão "ibope" para programas de TV e sítios na internet, e, até ofertas para eles terem tempo na TV e se gabarem de gastarem tempo e dinheiro com TV neste país a tanto tempo. Dinheiro dos crentes. Chega gente!
Chega de consumir tempo e dinheiro com eles, vamos voltar a nossa atenção para a Palavra de Deus, para o estudo bíblico na nossa comunidade de fé ou individualmente, e voltar a nossa atenção para a pregação expositiva, de um evangelho puro e simples, deixemos esses megalomaníacos egocêntricos evangélicos e essa megalomania e nos apliquemos no evangelismo pessoal, no testemunho com as palavras e com as boas obras, e vamos boicotar esses cachorros grandes que vivem se mordendo... Não sei mais o que dizer... Além de aconselhar os irmãos a resistirem a curiosidade de ouvi-los se atacarem, e resitirem a tentação da distração com os estereótipos vulgares do atrevido que grita, que se arvora proféta, e do que pousa de guru que xinga, do emotivo que chora para dizer aos outros que é espiritual, do manipulador que domina uma técnica e usa frases prontas, chega de tudo isso... A Bíblia? Reencontre-a, gaste mais tempo com o Velho e o Novo Testamento do que com a audiência a estes ícones da baixaria evangélica.