Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Pastoral para o 1º Domingo do Advento.

 O SENHOR VEM! 

Hoje começa o Tempo de Natal, ou do Advento! Isso não tem nada haver com os adventistas! Eles são anti-natal.
É tempo de pensar no nascimento de Jesus e na sua encarnação no passado, no presente e no futuro; esse pensar é relembrar no lar, em família, decorando a sala com cores e luzes, falando do Menino que um dia foi deitado numa manjedoura, para quem não se achou hospedagem, o qual era o Rei dos Reis, Senhor dos Senhores de um Reino inaugural que, chegou espiritualmente, dentro de nossos corações e voltará no futuro em toda sua glória, majestade e poder. Então sujeitará a todos os homens, e confirmará os Seus eleitos e julgará os ímpios e os condenará com o diabo.
Mas, eu disse que isso é celebrado no lar, nosso segundo santuário, pois o primeiro é o nosso coração onde habita o Rei, isso não significa que estou aderindo o discurso dos desigrejados, nada nos impede de ir a Igreja, como popularmente chamamos o lugar que reunimos a comunidade de Fé em um templo ou salão alugado, ou seja, a Comunidade é o terceiro santuário, porém, todos que nos reunimos em Seu nome, nos reunimos em um Único Santuário e Templo que reúne todos os salvos (a Igreja), em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
No Natal, lembramos que o Senhor já se manifestou em carne, cumprindo as promessas feitas aos profetas. A primeira vinda do nosso Senhor. Não importam as datações dos eventos, as festas semelhantes no paganismo ou a aculturação de costumes, importa proclamar a Cristo: O Senhor vem!
O Senhor vem hoje por meio de Sua Palavra e dos Sacramentos (Batismo e Santa Ceia), pois como podemos dizer que o recebemos como Rei em nossos corações se não cumprirmos o que ele mandou que fizéssemos em seu Nome: Pregar, crer, fazer discípulos, batizar e nos tornarmos discípulos, uma comunidade de discípulos batizados para celebrar a Ceia do Senhor em memória de Jesus Cristo até a Sua volta!
O Senhor vem, hoje. Como veio no tempo de seu nascimento.
Nós o acolhemos ou damos a ele um cocho de feno?
O recebemos como Rei ou o desprezamos?
No entanto, haverá uma segunda vinda, anunciada pelos missionários desde os tempos apostólicos. Esta acontecerá no futuro e requer uma preparação no presente, conforme Mateus 24.42: “Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o nosso Senhor.”
A morte e o esquecimento já consumiram muitos reis e reinos, todos os reinos da terra passarão, mas o Senhor reinará eternamente, e, virá para reinar, e ninguém poderá impedir a vinda do nosso Senhor! Nem mesmo quem peleja para ofuscar o Natal e lançar no esquecimento o Salvador do Mundo!
É grande nos nossos dias a semelhança com os dias de Noé, estamos fartos de ouvir escárnios contra Jesus, Sua Palavra nunca foi tão atacada e os seus ministros tão difamados, e ainda, não faltam também entre eles falsos irmão militando contra a Igreja!
A maldade e a injustiça social também se multiplicam, por isso é necessária esta admoestação do Evangelho (Mt 24.42). Neste primeiro domingo do advento anunciamos que o Senhor, vem. Destacamos a importância da fé, pois só pela fé recebemos Jesus e vigiamos corretamente, confiadamente na sua Palavra que diz que Ele é o Senhor e Salvador. Ele vem hoje nos nossos corações, daqueles que o receberem e virá definitivamente no futuro, “Portanto, vigiai”.

 Rev. Anatote Lopes