Total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de maio de 2013

COM MILHARES DE CAMINHOS ESPIRITUAIS E RELIGIÕES NO MUNDO APENAS UM LEVA A DEUS: A EXCLUSIVIDADE DO EVANGELHO















"É importante que cada um creia como eu creio, para que estejam comigo na glória do Pai, quando o Senhor Jesus Cristo voltar."

Eu fiz essa declaração audaciosa, bombástica, absoluta, exclusivista e politicamente incorreta... De propósito...

Expressei a convicção e a firmeza da minha fé, o meu amor pela humanidade e a certeza da minha salvação.

Àqueles que me conhecem e estão neste caminho devem ter entendido que, esta firmeza, convicção e coragem é o que me faz compartilhar o que creio: O próprio Evangelho, o qual é o Poder de Deus para salvação de todo o que nele crer. (Romanos 1.16).

Demonstrei em seguida o que de fato é o Evangelho. O Evangelho é JESUS: O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.

Não existe nada mais absoluto e exclusivo do que o Evangelho!

Esta é a minha convicção. Jesus não perdeu tempo vindo ao mundo, não sofreu, sangrou, morreu e ressuscitou para ser  apenas mais uma alternativa entre milhares. Ele nos amou e veio para nos salvar e fora dele não há salvação.

Ele e mais ninguém e nada mais é o Salvador, o Filho do Deus Vivo, a plenitude do Espírito Santo e o único que trás Deus ao mundo e que leva o mundo a Deus.

Eu quero expressar a minha convicção de que eu estou no Caminho Certo e que não há outro, e, depois de apresentar o Caminho certo que é Jesus, a Verdade; desejo com muito amor, que você creia, para que seja salvo, por Aquele que primeiro nos amou e morreu por nós para nos dar Nele a vida eterna, sendo Ele o primeiro a ressurgir dos mortos para viver eternamente.

Eu quero compartilhar a maravilhosa graça que eu recebi! Quando eu digo que é importante que as pessoas creiam como eu, demonstro a minha vocação missionária, de ensinar O Caminho às pessoas, e, quando eu digo para que estejam comigo, eu compartilho do amor de Cristo,  afinal, Ele diz: "para que onde eu estou, estejais vós também" (João 14.4).

Ele diz que creiamos Nele para que estejamos com Ele para sempre. Este amor de Jesus é o que me leva a pregar o Evangelho.

Eu prego o Evangelho e nada mais que o Evangelho: o poder de Deus para salvação de todo aquele que nele crer. Estou certo que, se esse Evangelho for adulterado ou falsificado não poderá salvar alguém.

A exclusividade do Evangelho é Cristo, pois Ele é o próprio Evangelho. Desta Verdade aprendemos que, fomos salvos da mesma forma que o ladrão da cruz: não importa a experiencia religiosa ou antirreligiosa que tivemos ou que procuramos, ou  a que você teve ou procura, e, questões secundarias, de interesse daqueles que já vivenciaram a fé em Jesus Cristo, e Este segundo o Evangelho expresso nas páginas dos evangelhos canônicos.

O foco na nossa experiência é o problema. Porque estamos contaminados, às vezes inconscientemente, com o sentimento religioso de que podemos encontrar uma forma de nos salvar por nós mesmos, mas, a obra da salvação é realmente realizada por Jesus Cristo, pela sua exclusiva obra e por Seus merecimentos. 

A salvação é confirmada mediante a nossa fé e tem consequências e implicações éticas profundas na nossa vida. Isto é claro, e fica muito mais claro, quando encontramos o Evangelho conforme Jesus Cristo nos ensinou, como Ele pregava; assim eu prego: "arrependei-vos e crede no Evangelho." (Marcos 1.15). 

Anatote Lopes, IPB, 2013.