Total de visualizações de página

quinta-feira, 12 de março de 2015

OS DIREITOS DOS ESQUERDISTAS














Por Anatote Lopes

Os esquerdistas têm todos os direitos a mais que os outros, e a garantia a estes e a todos os demais direitos omitidos nesta lista:

a) O direito de negligenciar a todos os deveres e negar os direitos de quem quer que seja;

b) O direito de mentir quando lhe for conveniente;

c) O direito de cometer crimes e ficar impune;

d) O direito de defender terroristas em geral, inclusive radicais islâmicos e bandidos ligados às organizações criminosas que estupram e executam principalmente crianças e cristãos, identificando as reações contra assassinos, traficantes, estupradores e terroristas como conservadoras, sionistas e violação dos direitos humanos;

e) O direito de praticar explicitamente todo tipo de imoralidade, calar toda forma de censura e fazer todos os seus discordantes parecerem pessoas más e homofóbicas;

f) O direito de usar todos os meios ilícitos de forma justificável quando os fins sejam justificados pela alegação da causa maior da justiça social e do amor;

g) O direito de tornar todo o mau em bem: crime em heroísmo, imoralidade em amor, ilegalidade em moralidade, mentira em verdade e de fazer o que quiser em nome dos fins alegados de justiça social e de amor;

h) O direito de classificar as vozes dissidentes de elites do sudeste, do sul, colonialista, branca, racista, fascista, etc., mesmo quando o seu interlocutor for negro ou nordestino;

i) O direito de não ficar um só dia sem lembrar a escravidão dos negros do Brasil e de reivindicar todos os dias as reparações das injustiças histórias contra uma raça, e de sufocar as vozes que, denunciarem a escravidão indígena e de outros grupos étnicos no passado e no presente na China, na Coreia do Norte e em outros lugares, principalmente em países comunistas;

j) O direito de tirar os direitos dos outros quando não forem dos nossos, classificando os "sem direitos" como elites, burguesia e classe média raivosa;

k) O direito de ter mais direitos do que os outros;

l) O direito ao mimimi nas redes sociais: “Coxinha!” “Reaça!” “Racista!” “Fascista!” “Homofóbico!” “Fundamentalista!” “Opressor!” “Repressor!” “Golpista!” “Impitiman é meu zovo!”.

Parágrafo Único: O direito do esquerdista está acima da lei.